b7.png
Inventário
Inventário de TI: Veja importância e como utilizar na empresa

Um inventário de TI permite que você tenha conhecimento de todas suas ferramentas tecnológicas e do estado em que elas se encontram. Veja!

O inventário nada mais é que um documento que contém uma relação sobre propriedades que uma empresa ou indivíduo físico possui. Dessa maneira, ele pode ser aplicado em diversas frentes, inclusive no que diz respeito ao controle das ferramentas tecnológicas que uma empresa possui.

Nesse caso o documento traz dados sobre todos os equipamentos, sejam eles ferramentas manuseáveis ou softwares, que a empresa possui. Isso evita uma série de problemas ao mesmo tempo em que auxilia na organização da organização.

Assim, que tal conhecer mais sobre o inventário tecnológico e sobre como ele pode fazer toda a diferença para melhorar sua empresa? Continue lendo e veja abaixo!

82427415-código-de-programación-de-tecno
Inventário de TI: O que é e quais as vantagens?

Esse documento, quando referente ao setor de tecnologia da informação e às suas ferramentas, possui uma lista em que são detalhados todos os recursos que a empresa detém.

Além da informação concernente ao nome do equipamento, também devem ser listados outros dados importantes referentes à data de compra, ao local da instalação e à última data em que houve manutenção da ferramenta.

O porquê de apostar nessa listagem você confere abaixo.

01. Antecipe problemas

A partir do inventário de TI é possível que alguns tipos de problemas sejam antecipados. Por exemplo, ao notar que a última manutenção extrapolou o prazo, é possível agir desde logo para que garantir a assistência técnica de análise da ferramenta.

Por outro lado, também é possível visualizar de melhor forma quais são as fraquezas do seu setor de TI, buscando soluções.

02. Aumente a vida útil dos seus equipamentos

Uma vez que o inventário também deve conter informações relacionadas à data da compra do equipamento e da realização da manutenção dele é possível que a empresa garanta maior vida útil das ferramentas.

Nesse caso, com base nas datas registradas é possível desde logo agendar as manutenções periódicas que podem identificar previamente anomalias que se não consertadas podem trazer diversos prejuízos aos sistemas utilizados.

03. Controle de uso e capacitação

Os erros que sistemas e equipamentos apresentam nem sempre estão relacionados à ferramenta em si, mas sim ao colaborador que o utiliza.

Considere, para tanto, um equipamento cujo inventário indique que possui recorrente manutenção e cujos problemas não decorrem do sistema que ele utiliza, uma vez que não houve a detecção de anomalias pelos técnicos.

Nesse cenário há indicação de que os problemas podem ser originados pelo mau uso, ou seja, em razão da ação humana.

Nessa hipótese é possível que a empresa busque corrigir o mau uso da ferramenta por meio de orientações e até mesmo treinamentos de capacitação que garantam que os equipamentos estarão sendo utilizados devidamente.

04. Detecção de softwares maliciosos

Por fim, a última vantagem que listamos sobre realizar inventário dos equipamentos de TI da sua empresa se refere à possibilidade de detectar agentes maliciosos que eventualmente estejam agindo nos seus sistemas ou rede.

A principal dessas possibilidades diz respeito à visualização de algum tipo de sistema ou ferramenta que não deveria estar instalado ou atuando na sua rede. Essa detecção ocorre pelo fato de que o inventário não deixa de analisar os sistemas e as instalações deles.

No caso de identificação de um software malicioso o gestor de TI pode desde logo tomar as medidas para eliminá-lo, evitando danos ao sigilo e integridade dos dados.

Não sabe por onde começar ou como avaliar os equipamentos? Pois não tenha dúvida, basta contatar a Giz Net e nós poderemos lhe auxiliar em todas as fases do desenvolvimento do inventário da sua empresa. Para isso, dispomos de ótimos profissionais que são especializados na área!

TI que evolui com o seu negócio
whatsapp-icone-2.png